segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Por cautela

Mais vale uma escora...

Ao certo ao certo, não sei  se os tempos que aí vêm me permitirão muitas cautelas perante colmeias tão cheias de abelhas e carregadas de mel. Temo que um ligeiro aumento de temperatura possa desencadear  febre de enxameação...
O material por colmeia já atingiu os limites do razoável, tenho que intensificar a retirada de mel que é o mesmo que a retirada de material por colmeia, já que trabalhar colmeias com este volume se torna insuportavel.
Questiono-me se a apicultura que faço é a adequada, no tipo de colmeia ou no maneio, porque a carga de mão de obra por colmeia depois de atingir as cinco alças, é muito demorada e esforçada!...

Um dia alguém me disse que a apicultura não tinha nada de extraordinário para além do lançar material para cima das colmeias e depois ir lá tirar o mel no fim da época!... Eu disse que sim!...
Os Espanhóis com a sua colmeia horizontal provavelmente não têm muito com que se preocupar com maneios...
Eu que ando sempre de volta delas, mesmo que isso possa traduzir um aumento da produtividade,  deve estar redondamente errado! E cada vez mais me apetece atirar-lhes com material para cima, porque é humanamente impossível acompanhar igualmente centenas de colmeias com um maneio de proximidade.



À falta de melhor e mais tempo, carrega-se-lhes com material e por cautela... com uma escora!...

2 comentários:

JC disse...

boas :-)
Eu não consigo identificar o modelo de colmeias.Eu trabalho com Langstroth com ninhos e alças iguais ao ninho e só as colmeias excelentes exigem mais.
Tenho 2 dezenas e este é o meu limite.Porque a apicultura, levada a sério, é compensadora mas extenuante.

Arcanis disse...

Muitos parabéns, nesta altura já ter tantas alças no apiário! Que plantas existem por ai?