sexta-feira, 13 de março de 2015

Roubos de Colmeias

E de tudo o mais...

Sempre terei dificuldade em perceber qual a motivação na actividade criminosa do furto de colmeias!

Não tenho dúvidas que o lugar das colmeias é o campo ou a floresta, longe das povoações para não incomodar ninguém. Ficam assim os apiários vulneráveis aos curiosos, às brincadeiras dos miúdos, ao pequeno e ao grande furto.

Já me levaram de tudo: núcleos grandes e pequenos, alças, colmeias, com abelhas e sem abelhas, cortiço vazio, chapas de entrada, tampas, tábuas de voo, blocos de cimento, madeiras... Uns são arrumados, metódicos e com todos os meios, outros desarrumados e outros gostam de vandalizar...
Outros estão organizados, fazem prospeção de apiários apresentando-se como potenciais compradores e vendedores interessados...

Continuo sem entender porque me levam de tudo se eu dou formação dou colmeias e até dou o mel... Querem eles vender a outros? Ou preferem vê-las morrer às suas mãos?

Não consigo entender... Faz hoje oito dias que fizeram um carregamento!



1 comentário:

Afonso Silva disse...

É triste que haja gente assim.
Aqui anda igual, no meu caso foram lá para derrubar as colmeias, sem qualquer propósito. Visto que o local é ermo, no meio de carrasco,longe de casas e cultivos...e se queriam deixar mensagem podiam usar o telefone, visto estar lá o meu número escrito a letras garrafais. A GNR diz que só lá pode passar com o geep...e que só podem investigar depois de o tribunal assim o deliberar.