terça-feira, 8 de novembro de 2011

Acabou!

O Apiário da Mata...

Hoje ao início da tarde, recebi a visita do filho do meu vizinho na Mata!
Não o conhecia antes, ao contrário do pai que me fazia visitas frequentes, me obrigava a parar os maneios para que as abelhas não o picassem, deliciando-me com as suas histórias e com as minhas próprias lições de apicultura que ele parecia de igual modo apreciar!...
O meu apiário era também o vizinho mais próximo, pouco mais de 120m... visita diária obrigatória, dizia o velho Manuel Esteves!...
Foi assim durante seis anos, um apiário de grandes recordações!...

O filho Esteves que vive no apartamento no centro da cidade, reclamou dum suposto aumento do número das colmeias... são agora menos de um terço do que já lá tive!...
Reclamou dos dejectos delas, provavelmente a mais de 130m, por sujarem o carro novo das visitas, (que estacionam à porta), mancharem a tinta do muro e... balelas...
Expliquei de modo claro  das razões de tal ocorrência, nesta altura do ano, e... estendi a mão...

Despedindo-me com um: - Eu tiro-as, começo já amanhã, porque não as tenho para que elas transtornem os vizinhos!

Acabará até ao fim do ano!


2 comentários:

Kyriu disse...

Nunca me lembrei que as abelhas tambem dejectassem. Gostava de ter uma mata para oferecer as suas abelhas.

octávio disse...

...mentalidades tacanhas que até levaram as abelhas a "sairem" das cidades. Parabéns ao vizinho que tem carro novo... Mal para as plantas e o efeito polinização.